sábado, 23 de abril de 2016

Libertando-me da prisão.

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
06:51

(Imagem do Google/ Meramente Ilustrativa)
Ainda muito jovem conheci ela, e me aproximei rapidamente, quando me dei por conta já estava preso a ela. Daí então aconteceu muitos momentos de sofrimento, traumas e decepções. Não conseguia fazer nada sem a danada do meu lado, me tornei um homem livre, porém preso ao mesmo tempo.

Com o passar do tempo, ela me dominou por completo, tentava me libertar, mas tudo que fazia era vão. Até que um dia fui convidado por alguém a passar um momento ao seu lado em lugar desconhecido por mim até aquele momento.

Quando me acordo para realidade, estou dentro de uma sala de Alcoólicos anônimos (AA), onde me recepcionaram muito bem, falando que eu era a pessoa mais importante daquela noite. Entrei então em choque, como poderia eu, um sujeito maltrapilho, sujo e desmantelado ser a pessoa mais importante de algum lugar.

As pessoas que me amavam, também estavam presas ao meu sofrimento.

Mas logo as coisas começaram a mudar na história da minha vida, iniciava ali os primeiros passos para o meu alvará de soltura. Diante de pessoas com os mais diversos pensamentos, mas unidos em busca de um só objetivo, à sobriedade.

Passadas algumas 24h (Vinte e quatro horas), de caminhadas aquele lugar, comecei a me sentir livre e feliz, já me era possível vê o sorriso no rosto de quem me amava e minha mente já estava mais tranquila. A prisão que eu me encontrava, já não parecia mais existir, graças aquela nova família que entrara e minha vida. Homens e mulheres compartilhando de suas tristes experiências com ela (Cachaça), por quem eu me aproximei e me apaixonei.

Ouvindo a todos contarem suas histórias, foi ai que percebi que ela não era a melhor coisa para mim, e que eu precisava me separar dela o mais rápido possível, e assim com boa vontade e ajuda dos meus iguais, finalmente eu estava livre da prisão da bebida, porém preciso ser vigilante para não recai e me deixar levar por ela, que por muito pouco não acabou comigo para sempre.

Visite e conheça uma sala de AA, e saiba como se libertar e ajudar outros a serem livres também.

Escrito por Sérgio Ramos/Repórter e Blogueiro – 23/04/2016


Sobre o autor do Blog

Sérgio Ramos é Casado, pai, Radialista e Diácono evangélico, Militante do meio Radiofônico.Iniciou a profissão na Rádio cultura do nordeste S/A Caruaru - PE

Visualizações

Seguidores

FAÇA SUA DENUNCIA

FAÇA SUA DENUNCIA
Promotoria de Justiça – 3624-1956 Conselho Tutelar Surubim -3634-4656 S D S de Surubim – 3634-2710 Delegacia de Surubim – 3624-1974 Delegacia da Mulher – 3624-1983
back to top