sexta-feira, 17 de novembro de 2017

David Almeida cobra explicações do executivo municipal sobre onda de transferência dos professores

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
08:48

(David Almeida/Arquivo do Blog)
A atual gestão do município de Vertente do Lério,  tem realizado uma série de transferências de profissionais em educação (Professores), e a última se deu na manhã da última sexta-feira (10), quando a administração municipal desafiando a justiça, transferiu as professoras Adriana Campos e Edivane Saraiva (TATA), da Escola José Batista de Souza, lotando-as em escola da zona rural do município.

O vereador David Almeida (PODE), diante da situação, cobrou do prefeito Renato Sales (PMDB), por meio do requerimento 056/2017 de sua autoria, apresentado na reunião ordinária da Casa João Dias de Sales, realizada na tarde desta quinta-feira (16).

De acordo com o parlamentar, ele foi abordado por alguns estudantes da supra mencionada escola, pedindo ao mesmo que busca-se fazer alguma coisa em prol das professoras, as quais segundo os estudantes, que estavam em frente a prefeitura no dia em que o anuncio das transferência fora feito, e os mesmos estavam tentando falar com o prefeito para pedir a permanência das educadoras em suas salas de aula na escola José Batista.

Então o parlamentar em atendimento aos estudantes (Crianças), apresentou o requerimento fazendo apelo (Cobrando) do prefeito Renato, para que o mesmo converse com a secretária de educação do município, e procure saber dela ‘O que está acontecendo com relação as transferência de Professores naquele Órgão’. A propositura do vereador David Almeida, teve aprovação dos demais pares da casa.

Resta agora, aguardar resposta do prefeito Renato Sales, sobre o questionamento a provado, para se saber de fato, se as transferências partem do gestor municipal ou de sua secretária de educação.

Na próxima terça-feira (21), haverá uma reunião extraordinária, para apreciação de mensagens do prefeito, que trata de autorização de desligamento do município dos consórcios; COMANAS e CONIAPE, além de outro que trata do regime tributário do município. A reunião acontecerá as 08h da manhã.

Você viu Também:

Perseguição é a Marca da Nova Gestão em Vertente do Lério


Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 17/11/2017

Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Projeto: “Transito Seguro, Cidadão Feliz” da ETE Surubim é Destaque Nacional

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
04:37

(Foto: Facebook/Professor Adriel)
Um projeto desenvolvido pela Escola Técnica Antônio Arruda de Farias (ETE Surubim), acaba de ser selecionado como destaque nacional, e irá participar do VII Encontro do Programa Educação Viária é Vital em São Paulo (SP).

Intitulado “Trânsito Seguro, Cidadão Feliz”, o projeto foi desenvolvido por alunos e professores da ETE, tendo a coordenação do professor Adriel Santos.

Nos dias 30 de novembro, 01 e 02 de dezembro, o projeto da escola surubinense, vai está concorrendo com escolas do país inteiro, ao prêmio nacional.

(Foto: Facebook/Professor Adriel)

(Foto: Facebook/Professor Adriel)
“Quando caminhamos de mãos dadas, certamente colheremos os frutos do nosso trabalho”, afirma Adriel.

Nosso blog parabeniza a todos que fazem a ETE Surubim, por essa conquista.

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 16/11/2017


terça-feira, 14 de novembro de 2017

Trio invade igreja evangélica durante culto e rouba celular e dinheiro dos fiéis, em PE

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
08:31

Do G1 Caruaru.
Crime foi registrado em uma igreja evangélica na noite da segunda-feira (13), em Garanhuns (Foto: Diogo Franco/TV Asa Branca)
Três criminosos armados com facas invadiram uma igreja evangélica durante o culto na noite da segunda-feira (13) em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, o trio roubou um celular e dinheiro das pessoas que estavam no templo.

À TV Asa Branca, as vítimas informaram que os criminosos se passaram por fiéis antes de praticar o assalto. Ainda segundo a PM, buscas foram feitas nas proximidades, mas ninguém foi preso.

O caso foi levado para a Delegacia de Polícia Civil do município, que irá investigar o caso.

Por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 14/11/2017

Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-

Sexo: Elas têm mais orgasmos se masturbando

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
03:10

Blog Pimentaria.

(Foto: Reprodução/Divulgação)
A mulherada fica cheia de dedos pra tocar no assunto. Mas quando (se) toca e descobre que o prazer está nas próprias mãos – inclusive manipulando vibrador ou chuveirinho – e independe da presença de outro ser vivo. Numa pesquisa do  blog Pimentaria78,2% das participantes disseram ter algum grau de dificuldade de gozar no sexo e 84,5% acham mais fácil chegar ao orgasmo na masturbação.

Antes só do que mal acompanhada? Não é tão simples assim.
Acontece nas melhores famílias. Muitas vezes não tem a ver com a experiência ou o empenho de quem está com você na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê. Mas, basicamente, com o quanto você está relaxada e focada.
Na masturbação, por exemplo, ninguém fica constrangida com o tamanho dos lábios vaginais ou com as estrias da bunda. Esse tipo de insegurança só aparece no sexo graças ao medo do julgamento alheio. Quantas mulheres recusam um oral por não se sentirem confortáveis com o próprio cheiro? E aquelas que odeiam espelho de motel porque se desconcentram com a barriga balangando? Sozinha, dane-se, você nem pensa nisso.
Menos ainda em ter um desempenho memorável e ser considerada boa de cama. Não precisa suar com mil posições sexuais ou apenas gastar energia pra satisfazer outra pessoa. Claro que é uma delícia assistir alguém se contorcendo com seu talento, mas desvia a atenção do seu prazer. Não à toa, o egoísmo da masturbação é super eficaz. Você fica lá, concentradinha nas sensações… sem se preocupar com a reciprocidade, analisando se o outro também ta curtindo etc.
Fora que (espero!) você sabe os atalhos do seu orgasmo: onde e como é mais gostoso se tocar. Funciona a sequência cinco-círculos-delicados-no-clitóris-dois-dedos-dentro? Não tem essa de explicar ou torcer que adivinhem qual o melhor movimento, o ritmo e a pressão infalíveis. Algumas pesquisas indicam que as mulheres demoram cerca de quatro minutos pra gozar se masturbando. E de 10 a 20 minutos durante o sexo.
Por último, é mais fácil fantasiar na siririca sem ser, digamos, “atrapalhada” pela realidade. Suponhamos que você tem tara por transar assim-assado com um bombeiro ruivo numa praia deserta.
Só de imaginar, meio caminho andado. Agora duvido que você consiga se transportar pra essa cena durante um papai-mamãe com o marido fora de forma. Exagerei, mas você entendeu. Na masturbação, tudo ta sob o nosso controle. E, em geral, sai exatamente como a gente quer.
Por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 14/11/2017
Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-

 

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Audiência pública debate fechamento do Banco do Brasil em Frei Miguelinho

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
06:31

Do Correio do Agreste.
Agência pode ter atividades encerradas até o final deste ano (Foto: Reprodução/Divulgação/ Ailton Aniceto)
Nesta terça-feira (14), às 9h, será realizada na Câmara de Vereadores de Frei Miguelinho, uma audiência pública para debater o possível fechamento da agência do Banco do Brasil na cidade. Foram convidados para a reunião, a prefeita do município Adriana Assunção (PSB), vereadores, secretários municipais, deputados, senadores, representantes do Sindicato dos Bancários, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, da sociedade civil, do Poder Judiciário, do Ministério Público Estadual (MPPE) e da imprensa da região. A intenção é elaborar um plano de incentivos para evitar o encerramento das atividades da agência.
A audiência foi proposta pelo presidente da Câmara de Frei Miguelinho Aniceto Lima (PRP), que está coordenando o movimento para impedir que a agência – a única no  município – seja fechada. Ele esteve em Brasília (DF) esta semana onde tratou do assunto com vários políticos de Pernambuco, entre eles, o senador Armando Monteiro (PTB). A mobilização já conseguiu coletar 10 mil assinaturas em um abaixo-assinado contra o encerramento das atividades da agencia.
O Banco do Brasil em Frei Miguelinho teve os caixas eletrônicos explodidos por bandidos há cerca de um ano. Depois de reformada, a unidade foi reaberta mais sem trabalhar com dinheiro. O estabelecimento está na lista de 11 agências que podem ser fechadas no estado ate o final deste ano.
Por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 13/11/2017
Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-


“Driblando a Lei”: Relatório do TCE Aponta Irregularidades em Contratação realizadas pela Gestão atual no Município de Surubim.

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
02:52

Nossa Terra Surubim.

(Foto: Divulgação)
Relatório do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco identificou que as contratações realizadas pela Prefeitura de Surubim-PE, estão maculados por irregularidades em processo licitatório realizado no início da atual gestão.  O relatório do Órgão aponta que: “foram constatados superfaturamentos de preços, no montante de R$ 473.900,00 (quatrocentos e setenta e três mil, duzentos e noventa reais), passível de restituição ao erário municipal', no'Processo Licitatório 004/2017, Dispensa 004/2017”.

A auditoria, que teve como relatora a conselheira Teresa Duere, apontou 'irregularidades no procedimento da licitação, subcontratação integral do objeto contratado e superfaturamento de preços'.

Essas irregularidades vinham sendo alertadas há muito tempo pelo vereador da oposição, Dr. Vavá (PDT). O qual encaminhou representação ao Ministério Público denunciando que,
"Em apenas 40 dias, a gestão Ana Célia gastou R$ 11 milhões ou 13% do orçamento anual do município, sem licitação, driblando a Lei".

Em matéria veiculada em seu Blog, o jornalista Alberico Cassiano apresenta extensa matéria detalhando o relatório do TCE, de onde destacamos os pontos principais abaixo:
Irregularidade 1 : Contratação “não seguiu o rito normal ou Legal”

Os técnicos do TCE identificaram 'irregularidades no procedimento de licitação', e frisaram que 'na dispensa não consta orçamento estimado da Prefeitura, contrariando o que estabelece a Lei 82666-93' de Licitação.

O TCE aponta que 'o processo foi instruído por projeto básico insuficiente, uma vez que se limita à emissão de Termo de Referência, sem detalhamento dos serviços a serem executados pelos veículos'.

Embora a gestão tenha argumentado a 'existência de situação de Emergência' para fazer contratar a empresa sem fazer licitação, o TCE afirma que parte dos serviços poderia ter sido feita pela própria Prefeitura.

“Não foi levada em consideração a possibilidade de se adotar alternativas menos dispendiosas para o erário municipal. Mesmo havendo uma situação emergencial, parte dos serviços poderia ter sido executada diretamente pela administração municipal, desde que tomadas providências para se implantar tal opção”
.

O TCE considerou irregular ainda, o 'parecer jurídico favorável à contratação por dispensa, se limitou a reconhecer situação de emergência, e foi posterior às propostas das empresas'.

O relatório apurou que 'consta no processo apenas uma cotação de preços, que teria sido realizada por três empresas, tendo sido declarada vencedora a Diretrix Engenharia Ltda, cuja planilha apresentava o menor preço, R$ 184.000,00 (cento e oitenta e quatro mil reais) por mês'.

Para os auditores, 'verifica-se que o processo não seguiu o rito normal ou legal, e não houve a participação da Comissão de Licitação, contrariando o que determina a lei de Licitação e Contrato'.

Irregularidade 2 : 'Empresa não possui nenhum veículo registrado no Detran. Era apenas intermediárias das contratações de prestadores de serviço' 
Outra irregularidade encontrada pelos auditores do Tribunal de Contas foi sobre a subcontratação de todos os veículos e máquinas. A Prefeitura dispensou a licitação para contratar uma empresa apenas para intermediar a contratação dos prestadores de serviços.

De acordo com o TCE, a empresa contratada não possui nenhum veículo registrado no Detran no CNPJ dela. Todos os prestadores e veículos foram contratados no próprio município.

Analisando os contratos apresentados, verificou-se que os veículos locados foram subcontratados em sua totalidade com prestadores de serviços do próprio município de Surubim. Segundo a Lei de Licitação e Contrato, é permitido subcontratar serviços, no entanto, o artigo 72 desta mesma Lei, trata a subcontratação como exceção e não como regra”. 

“A empresa contratada pela Prefeitura atuava apenas como intermediária na subcontratação dos prestadores de serviços. Realizava apenas atividades intrínsecas à essa intermediação, como formalização dos subcontratados, emissão das faturas, recebimentos dos valores pagos pela Prefeitura e repasse dos valores ajustados com os subcontratados, por meio de depósito em conta bancária”.

O TCE apurou também que todas as despesas ficavam por conta dos subcontratados em Surubim. 

Ela não disponibilizava nenhum motorista ou veículo próprio na prestação dos serviços. Os valores dos serviços subcontratados já incluíam todas as despesas com motoristas e com veículos, como manutenção, impostos, multas, combustíveis e demais custos”.  

Os auditores do TCE afirmam ainda que ' a administração municipal foi negligente ao admitir a subcontratação em sua totalidade'. Consideram 'a subcontratação integral dos serviços uma afronta à legislação e configura um evidente descumprimento das obrigações' e argumentam ainda que 'a situação poderá, ainda, causar prejuízos futuros aos cofres públicos'.
Irregularidade 3 : 'Superfaturamento: Prefeitura pagava até mais que o dobro do valor pago pela empresa aos subcontratados'

Para os auditores do TCE, a contratação da empresa  trouxe prejuízo ao erário. A Prefeitura chega a pagar mais que o dobro do valor pago pela empresa aos prestadores contratados em Surubim.

A questão é: por que não fazer uma licitação por lote (veículo e/ou equipamento), dando oportunidade para os atuais prestadores de serviços subcontratados se tornassem concorrentes do certame licitatório? Os valores que a Prefeitura paga à empresa apresentam uma diferença que chega, em alguns casos, a mais que o dobro do valor pago pela empresa aos subcontratados, lembrando que dentro desses valores, todas as despesas com o veículo e com o condutor deste veículo, correm por conta, única e exclusivamente, do proprietário do veículo e/ou equipamento”.

No caso dos caminhões basculantes ou caçamba, por exemplo, os auditores apontam que cada um foi contratado por R$ 8.800, 00 (oito mil e oitocentos reais) mensais, aos proprietários aqui na cidade. Entretanto, a Prefeitura pagou R$ 18.000,00 (dezoito mil reais) à empresa 'intermediária'.  

“A soma total, mensal, mostra a diferença gritante entre o que foi contratado pela Prefeitura de Surubim e o que foi subcontratado pela empresa vencedora da Dispensa 04/2017. O total mensal contratado pela Prefeitura corresponde a R$ 184.000,00 (cento e oitenta e quatro mil reais), enquanto o total subcontratado pela empresa corresponde a R$ 92.900,00 (noventa e dois mil e novecentos reais)”.

Os auditores do TCE verificaram ainda que Em média, os valores pagos pela Prefeitura no contrato Dispensa 04/2017 eram cerca de 45% superiores aos que a empresa repassava aos subcontratados. Esses percentuais, que seriam correspondentes ao que se denomina usualmente de BDI (bonificação e despesas indiretas), são bastante superiores aos praticados no mercado, da ordem de 20% a 30%”.

Os técnicos também constataram que a situação delineada poderá produzir repercussões ou reflexos na esfera trabalhista ao município, uma vez que nestes contratos, constam ainda que não cabe nenhum tipo de indenização trabalhista por parte da empresa.

“A ocorrência da despesa indevida ora apontada revela negligência e deficiência de controles dos procedimentos de contratação, fiscalização e acompanhamento da execução do contrato, resultando em dano ao erário”.

“A equipe de inspeção se alinha com posicionamento do TCU e apresenta resumo do confronto entre os valores pagos pelo município [R$ 1.008.325,00] e os repassados aos subcontratados [R$ 535.035,00], no período de 16/01/2017 a  30/06/2017, verifica-se uma diferença, passível de restituição ao erário, no montante de R$ 473.290,00”.

“A situação descrita constitui uma afronta aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, eficiência e probidade administrativa”.
Responsabilização: 'Atos praticados pela prefeita possibilitaram a ocorrência das diversas irregularidades constatadas'

O Relatório de Auditoria do TCE aponta três responsáveis pelas irregularidades: o secretário municipal de Administração, Arquimedes Frankin de Lima Neto, a prefeita de Surubim, Ana Célia Cabral de Farias, e a empresa Diretrix Engenharia e Consultoria Ltda.

'Em decorrência das irregularidades, foram constatados superfaturamentos de preços, no montante de  R$ 473.290,00 (quatrocentos e setenta e três mil, duzentos e noventa reais), passível de restituição ao erário municipal'.

De acordo com o relatório do TCE o secretário, a prefeita e a empresa são responsáveis pelo superfaturamento de preços, e pela devolução dos R$ 473.290,00 aos cofres públicos.

secretário Arquimedes Neto foi responsabilizado pelo TCE por assinar e conduzir a Dispensa irregularmente, quando 'deveria zelar pelo cumprimento da Legislação'. Para o Tribunal, permitiu a subcontratação integral as máquinas e veículos, e 'possibilitou a ocorrência de irregularidades que resultaram no superfaturamento'.

Para os auditores do TCE, houve 'enriquecimento ilícito' da Diretrix Engenharia e Consultoria, ocasionado pela participação da' empresa na Dispensa e subcontratação integral das máquinas e veículos com superfaturamento'. 

O TCE responsabilizou a prefeita Ana Célia Cabral de Farias por “autorizar a Dispensa 04/2017, quando deveria ter exigido um procedimento licitatório legítimo; por permitir a subcontratação integral; autorizar pagamento à empresa que não foi a real prestadora dos serviços; omitir-se de exigir que a empresa contratada disponibilizasse os veículos e pessoal próprios para a prestação de serviços, quando deveria fazer cumprir o que determina a Legislação”;

De acordo com a auditoria do Tribunal, “os atos praticados pela prefeita possibilitaram a ocorrência das diversas irregularidades constatadas, pela omissão diante dos fatos sobreditos, e pelos pagamentos que ocasionaram o enriquecimento ilícito da empresa contratada, o que provocou a ocorrência do superfaturamento de preços”.
O Ministério Público vai analisar o relatório do TCE e avaliar se instaura ou não processo por improbidade administrativa.

Por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 13/11/2017
Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-

sábado, 11 de novembro de 2017

Perseguição é a Marca da Nova Gestão em Vertente do Lério

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
04:15

(Foto: Editada pelo Blog/ Adriana Campos e Edivane Saraiva)
Não obstante, a justiça ter mandado que a municipalidade trouxesse de volta a Escola José Batista de Souza, as professores Maria Lenilda Oliveira da Silva; Maria Elenilda da Silva e Josefa Barbosa de Sales (Netinha), que haviam sido transferidas de maneira ilegal e arbitrária por perseguição política da secretaria de educação e a gestão do prefeito Renato Sales em Vertente do Lério. Estas educadoras retornaram ao seu lugar de origem na próxima segunda-feira (13).

Acontece que, a atual gestão começa a mostrar que a “MUNDANÇA” tão propalada nos comícios durante campanha política de 2016, está só começando, com uma administração que CUIDA DA NOSSA GENTE’.

Na manhã desta sexta-feira (10), a gestão desafia a justiça, e transfere as professoras Adriana Campos e Edivane Saraiva (TATA), da Escola José Batista, para que a partir de segunda-feira (13), esteja lecionando em outra escola localizada na área rural do município, mostrando um total desrespeito para com o judiciário, e assim reincide no mesmo crime.

Embora queiram falar diferente, isto é um prova inequívoca de perseguição, visto que os professores transferidos pela municipalidade, atuaram em cargos de confiança na gestão anterior.

O comunicado da transferência de uma das professoras, fora anunciado dentro da sala de aula, vindo a causar uma tristeza às pequenas crianças, que viram ao fim do ano letivo, a notícia, que na segunda-feira não terão mais sua professora dando aula aos mesmos. Com a transferência da professoras Adriana Campos e Edivane Saraiva, o emocional dos garotos (a), foi afetado e houve um desespero grande por parte dos pequenos.

Como se não bastasse à falta de merenda para o alunado, que pela informação que recebemos, ainda não chegou à escola, também tem o fato; de os professores estarem vivendo uma espécie de trabalho escravo, visto que nem sala dos professores existe mais no educandário, a onda de perseguição aos mesmos só tem crescido no município.

Deixar crianças com o emocional abalado é só mais uma das maneiras de administrar da gestão “CUIDANDO DA NOSSA GENTE”. Que se instalou no município pra mudar, e como está mudando hem!

Agora pergunto; estas ações realmente são para o crescimento da educação municipal?

A festa de novembro não acontecerá, mas o show de perseguição é um sucesso:

Lembre-se nesta vida tudo passa muito rápido, e ninguém é dono da razão absoluta. Muito menos da prefeitura e do dinheiro público.

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro- 11/11/2017
Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

David Almeida solicita implantação de Câmeras de Segurança em Vertente do Lério/PE

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
02:53

(David Almeida/Arquivo do Blog)
Diante da sensação de insegurança vivida por toda sociedade, e diante dos constantes roubos e assaltos ocorridos no município de Vertente do Lério, agreste do estado de Pernambuco. Haja vista a ausência de policiamento na cidade, por causa da falta de interesse do governo do estado, em oferecer condições no aumento de efetivo e viaturas novas para as policias que atuam nesta pequena cidade interiorana.

O vereador David Almeida (PODE), preocupado com tal situação, apresentou na sessão ordinária da casa João Dias de Sales, na tarde desta quinta-feira (09), um requerimento de número 55/2017, fazendo um apelo ao senhor Renato Sales (PMDB) prefeito do município, para que o mesmo busque junto ao governador Paulo Câmara (PSB), firmarem um convênio para implantação de um sistema de segurança, através de um circuito de monitoramento com Câmeras na área urbana e também em outras comunidades da cidade do “Ouro Branco”.

O requerimento foi aprovado pela a unanimidade de seus pares na casa, restando agora, que seja encaminhado ao prefeito e, este faça sua parte, que é procurar o governador e o secretário de Defesa Social do estado, para que assim ambos façam o seu papel, que é garantir segurança aos cidadãos.

Abaixo Assinado:

Tomamos conhecimento, que está sendo realizado um abaixo assinado no município, com o objetivo de encaminhar ao governador Paulo Câmara, clamando por segurança.

Então apoiamos esta iniciativa, e esperamos que todas as pessoas de bem em todo o município, assinem o mesmo, e assim tentaremos sensibilizar o governo do estado, ele acorde pra razão, que não é só nas grandes cidades que moram cidadãos. O interior também existe muitos pais e mães, enfim gente que precisam ter o seu direito de ir vir em segurança para onde desejar.

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 10/11/2017
Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-



quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Garçom é condenado á 37 anos por Homicídio em Surubim

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
04:51

(Imagem do Google)
Durante toda esta quarta- feira (08) realizou-se, no tribunal popular do Juri na Comarca de Surubim, o julgamento de José Roberto do Nascimento Correia (Beto), 33 anos, Garçom, morador do Sitio Lagoa de Pedra em Casinhas/PE.

Beto foi condenado pela justiça, e irá cumprir pena de 37 anos de prisão em regime fechado, por haver tirado a vida de Janicleide da Silva Oliveira de Souza e José Carlos de Oliveira, com golpes de faca peixeira, por motivo torpe, e ainda ter provocado o aborto do feto que a vitima Janicleide gestava.

O crime ocorreu no dia 15 de julho de 2014, por volta das 19h10 na Rua Alba Batista de Souza, no loteamento Paulo Batista em Surubim, agreste de Pernambuco. O apenado conviveu maritalmente com Janicleide, por cerca de (1) um ano e (6) seis meses, estando separado recentemente da mesma, na época dos fatos.

Cerca de nove testemunhas foram arroladas no processo, as quais foram ouvidas durante o júri, entre as testemunhas, um garoto com (9) anos de idade, filho da vitima Janicleide.

A defesa do réu foi patrocinada pela a advogada Janeceli Paixão Plutarco, e na bancada do ministério público, esteve atuando a doutora promotora Kívia Roberta de Souza Ribeiro. A sessão presidida pelo juiz Paulo César Oliveira de Amorim.

Todos os trabalhos foram encerrados por volta das 20h. O próximo JURI acontecerá no Dia (13), é a vez do também réu preso, Marcos Antonio Cazumbá Filho, ser levado a julgamento, onde neste processo figura como vitima Rosa Maria da Silva Almeida, tendo como patrono da defesa do réu, o advogado Josivaldo José da Silva (Dr. Vavá).

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 09/11/2017

Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-

Visualizações

Seguidores

FAÇA SUA DENUNCIA

FAÇA SUA DENUNCIA
Promotoria de Justiça – 3624-1956 Conselho Tutelar Surubim -3634-4656 S D S de Surubim – 3634-2710 Delegacia de Surubim – 3624-1974 Delegacia da Mulher – 3624-1983
back to top