segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

David Almeida solicita em requerimento realização do Réveillon 2017/2018 e Carnaval do Tambor

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
04:19

Da Redação:
(ILUSTRAÇÃO)
Na tarde da última quinta-feira (14), os vereadores do município do “Ouro Branco”, Vertente do Lério, realizaram sua última sessão ordinária do ano de 2017 em clima festivo.

Todo o decorrer da sessão legislativa aconteceu num clima mais ameno e harmonioso, mas embora os parlamentares das duas bancadas “Oposição e Situação” tenham se comportado sobre as emoções dos festejos natalinos que se aproxima. O vereador David Almeida (PODE), solicitou do prefeito Renato Sales (PMDB), que o mesmo por meio da prefeitura, o réveillon 2017/2018, como também, reivindicou a realização do Carnaval antecipado no Distrito do Tambor, visto que este ano que termina não foi realizado o mencionado evento pela municipalidade.

O evento Tambor Fest ou Tambor Folia como seja entendido pela atual gestão municipal, já é tradição, e para tanto, o vereador pede que seja mantido pela administração do prefeito Renato.

Assim como também deve ser mantido o CARNAVERT/VERTE FOLIA.

O requerimento número 057/2017 de autoria do vereador David Almeida foi aprovado pela unanimidade de seus pares na casa João Dias de Sales (Câmara de Veadores). Logo após o termino da reunião, os vereadores participaram de uma espécie de confraternização da casa, ao lado de alguns secretários municipais e funcionários da prefeitura, além de algumas pessoas da comunidade.

Os vereadores David Almeida e Lulinha ambos do PODEMOS, deixaram o recinto minutos depois do encerramento da Sessão.

Na última sessão da casa, foi possível verificar a presença do ex-vereador e hoje Vice-Prefeito Elionaldo Barbosa Luiz (Nado de Tina) do Partido do Movimento Democrático Brasileiro, e também o prefeito Renato Sales, que chegou ao final para participar dos comes e bebes. A primeira reunião do novo ano 2018 será realizada no dia (04) de Janeiro.

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 18/12/2017




sábado, 16 de dezembro de 2017

Bonecas com pênis, distribuídas em escolas de Goiás, provocam polêmica

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
03:04

Do Correio Braziliense.

As bonecas que provocaram polêmica: roupas femininas e órgão sexual masculino
Bonecas distribuídas pelo Governo de Goiás provocaram reclamações e debates nas redes sociais. Algumas, entregues durante esta semana, em diversas cidades do estado, têm roupas femininas, mas órgão genital masculino. Por conta disso, vereadores do município de Jataí (GO) enviaram um oficio à Prefeitura pedindo que a distribuição da boneca fosse proibida.

A boneca com pênis causou polêmica e dividiu opiniões também nas redes sociais. Alguns pais postaram fotos dos brinquedos e criticaram a medida, dizendo que seus filhos receberam "bonecas transgênero". Outros apoiaram, alegando que os brinquedos ajudam a ensinar sobre diversidade.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, um pai, morador do Novo Gama (GO), mostra uma boneca vestida com blusa rosa e amarela, com uma faixa na cabeça e o órgão genital masculino (assista abaixo). "Você abre a boneca e tem batom, o nome da boneca está aqui, é menina, está de batom, mas aí, você vai tirar a roupa da boneca para dar para seu filho, sua filha, brincar. E olha só, tem cabimento um negócio desses?", diz o homem enquanto mostra a peça. 



O fato de algumas bonecas terem ânus também levantou discussão entre os pais. "Isso é patético. Para que esse trem aí se ela não vai defecar?", questionou uma mulher. O vídeo do pai mostrando a boneca no Facebook teve mais de 1,8 milhão de visualizações e 1,4 mil compartilhamentos em apenas dois dias. 

Apesar das críticas, alguns defenderam a distribuição dos presentes como uma forma de ensinar crianças sobre identidade de gênero e diversidade. "As bonecas são uma réplica do corpo humano. Se o corpo tem, por que a boneca não pode ter? Pais, aproveitem a deixa para orientar seus filhos sobre o próprio corpo. Tratar a sexualidade como tabu só traz sofrimento pras pessoas", escreveu uma internauta. 

Bonecas foram para 246 municípios  

Ao todo, 12 mil brinquedos foram distribuídos em 246 municípios goianos, como parte de um evento chamado Show de Natal, promovido pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) em parceria com o governo estadual. A boneca que provocou polêmica representa 15% dos brinquedos distribuídos. Segundo a OVG, também foram entregues carrinhos de Fórmula-1, jogos de dominó, maletas de pintura, brinquedos eletrônicos educativos e bolas de vôlei e futebol.

O diretor geral da organização, major Augusto, disse que se surpreendeu com a reação dos pais. "A intenção é levar alegria às crianças, reforçar os vínculos e estimular o espírito natalino nas pessoas", assinalou. No entanto, frisou que a instituição vai receber a devolução dos brinquedos. "Respeitamos a opinião das pessoas. Os pais têm a opção de escolha de outros itens que estão sendo distribuídos em todo o estado", afirmou.


Por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 16/12/2017

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Esgoto a céu aberto no centro da cidade passa despercebido pela administração municipal

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
03:44

Da Redação.

(Foto de Celular)
Um esgoto a céu aberto existente na sede do município, mas precisamente à Rua Capitão Luiz de França, tem incomodado os moradores da localidade. Segundo a moradora que envio fotos e vídeos pra redação do nosso blog, “O Mal Cheiro, até na hora das refeições é insuportável”.

De acordo com as informações que ela nos passou, o esgoto é proveniente do prédio onde funciona o anexo da escola municipal José Batista de Souza. Conforme o relato da moradora; foram comunicar o fato na prefeitura, e até compareceu ao local uma equipe ligada a municipalidade, porém, conversaram entre se, e foram embora logo em seguida, sem resolver o problema.

Então a mesma destacou “Eles (Prefeito) não tem consciência que temos Crianças, e ainda tem os mosquitos da Dengue”. Afirma.

O pequeno vídeo, que mostra a situação em que se encontra o local nos fora enviado na tarde desta quinta-feira (14).


Opinião do blog: Que adianta tantas comemorações por ser destaque em transparência de site, se o povo vive entregue a um total descaso por parte da gestão municipal ?. 

Com todo respeito aos senhores auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE), mas eles não conhecem a realidade que vive o povo do município, e muito menos como são tratados pela administração do município.

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 15/12/2017



Natal Luz da Área Pastoral Nossa Senhora das Victórias, será realizado neste sábado (16)

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
03:09

Da Redação.


Na noite deste sábado (16) de Dezembro, os moradores de Vertente do Lério, vão poder assistir de perto o “Natal Luz”. Realizado pela comunidade Católica da Área Pastoral de Nossa Senhora das Victórias.

O evento também contará com a participação dos usuários do CRAS municipal, através das Crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculos, além dos idosos do Grupo Viver Bem, e o Grupo de Danças “Ouro Branco”, ligado a Secretaria de Assistência Social.

As apresentações estão previstas para iniciar às 19h, e será marcada por momento de Fé e inclusão social.

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 15/12/2017


quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Projeto de lei limita aumento do preço do gás

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
06:44

Blog do Magno.
(Reprodução/Divulgação)
Diante da volatilidade no preço do gás de cozinha, que afeta o setor produtivo e, sobretudo, o cidadão, o deputado federal Danilo Cabral (PSB) apresentou um projeto de lei que estabelece novas regras para o reajuste de preço do produto. As correções, pela proposta, seriam realizadas somente uma vez ao ano, com divulgação em dezembro, e o índice definido pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), submetido à consulta pública com no mínimo de trinta dias de antecedência à sua publicação no Diário Oficial da União.
Danilo Cabral defende que o reajuste do gás para uso residencial siga o modelo adotado por outras tarifas públicas, como a do transporte público e da energia elétrica, que têm anualidade e transparência. “Além de várias tarifas públicas que têm reajustes anuais, o salário mínimo é reajustado uma vez por ano. Não podemos ter dois pesos e duas medidas. Quando é para corrigir salário do trabalhador, é uma só vez ao ano, mas quando é para aumentar o preço do gás é todo mês”, criticou.
O deputado destaca que os reajustes anuais das tarifas públicas e do salário mínimo permitem que a população e o setor produtivo se planejem e tenham segurança para atravessar o ano. “Em um país onde 50% dos trabalhadores recebem por mês, em média, 15% menos que o salário mínimo, segundo o IBGE, e existem 15 milhões de desempregados, não é razoável uma elevação de mais de 65% do gás em menos de um ano”, acrescentou.
Além disso, Danilo Cabral afirmou que o cidadão tem o direito de saber, de forma transparente, como são feitos os cálculos que levam ao índice de reajuste. “Não pode ser apenas apresentado o aumento sem abrir a caixa preta dos números”, diz. Por isso, no texto do projeto de lei, está prevista a submissão do índice à consulta popular, através de audiências públicas.
Os reajustes no preço do gás, na avaliação do parlamentar, também se tornaram uma questão de saúde pública. O Hospital da Restauração, referência em queimados em Pernambuco, tem 60% dos pacientes vítimas do uso de gás clandestino ou de álcool de posto de gasolina para cozinhar. “Isso é fruto da política que foi implantada pelo governo Temer, através da pasta do ministro Fernando Filho (Minas e Energia), que tem a lógica de atender apenas o mercado.
A nova política de preços da Petrobras em julho deste ano estabeleceu novas regras para os reajustes baseados na cotação de mercados internacionais, passando a ser influenciada pela conjuntura externa e pela variação do câmbio. Com isso, houve aumentos expressivos sobre os valores do botijão de gás para uso residencial comercializados em todo país. Há cidades que o valor supera R$ 80.
O projeto de lei de Danilo Cabral trata apenas sobre o gás de cozinha, mas o acúmulo de aumentos nos preços dos combustíveis, de julho a dezembro, segundo ele, revela a necessidade de rediscutir política energética do Brasil. “É um assunto que que está na ordem do dia e nós precisamos trazer a sociedade para esse debate, porque quem está sofrendo com as decisões tomadas pelo Governo Temer são os setores mais vulneráveis da população brasileira”, destacou. A gasolina e o diesel, por exemplo, sofreram reajustes de 16% e 15% respectivamente.
“O governo anunciou que pode rever a metodologia adotada atualmente. Esperamos que isso seja feito não apenas para atender o mercado, mas também o cidadão. Afinal, o trabalhador brasileiro paga uma altíssima taxa tributária e, como retorno, deve ter a prestação de serviços públicos de qualidade na educação, na saúde, na segurança pública, na assistência social. Mas o que estamos assistindo é a continuada retirada de direitos”, finalizou.

Por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 14/12/20017

Operação combate fraude e desvio de até R$ 18 milhões em prefeitura na Zona da Mata de Pernambuco

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
04:52

Do G1-PE:
Prefeitura de Quipapá, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, é alvo de investigação (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), o Ministério da Transparência, a Controladoria Geral da União (CGU) e a Polícia Civil realizam, nesta quinta-feira (14), uma ação para investigar fraudes em licitações públicas na Prefeitura de Quipapá, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. A Operação Gênesis cumpre 15 mandados de busca e apreensão. Dados preliminares apontam que a quantia desviada pelo esquema chega a R$ 18 milhões.

As investigações mostram, ainda, que R$ 3,5 milhões que teriam sido desviados foram repassados pelo governo federal. Segundo informações da Polícia Civil de Pernambuco, empresas atuavam de forma coordenada com os agentes públicos para direcionar as licitações. Assim, asseguravam assinaturas de contratos com firmas fantasmas.

De acordo com  o Ministério da Transparência e a Controladoria Geral da União, as investigações tiveram como foco contratos para a oferta de alimentação escolar aos estudantes matriculados em todas as etapas e modalidades da educação básica. Foram alvo do esquema a rede pública e entidades qualificadas como filantrópicas.

Além de Quipapá, os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão no Recife e nas cidades de Garanhuns, Correntes, Terezinha, Caruaru, no Agreste. Participaram da operação 70 policiais civis, 12 integrantes do Grupo de Apoio Especializado ao Combate às Organizações Criminosas do MPPE (Gaeco) e oito servidores da CGU.

Os investigados devem responder pelos crimes de peculato, falsidade ideológica e associação criminosa. Os detalhes da ação serão apresentados na manhã da sexta-feira (15), na sede do Ministério Público, no Centro do Recife.


Por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 14/12/2017

Casa João Dias de Sales realiza nesta quinta (14) a última reunião de 2017

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
04:29

Da Redação:

(ARQUIVO)
Os vereadores do município do “Ouro Branco”, Vertente do Lério, agreste de Pernambuco, vão está realizando na tarde nesta quinta-feira (14) de dezembro, a última reunião do poder legislativo municipal.

De acordo com as informações levantadas, não há nenhum projeto ou requerimento polêmico a ser apresentado na sessão que encerra as atividades parlamentares de 2017.

Por volta das 14h30 deve iniciar a última reunião ordinária da casa.

Os munícipes (Moradores) esperam que em 2018, os vereadores retomem suas atividades parlamentares, mais compromissados com as causas que beneficie a população, sejam eles, da situação ou oposição na casa. Afinal estão ali para representar o povo e os seus direitos, e não para serem serviçais apenas das vontades de quem estar no comando do executivo municipal (Prefeito).

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 14/12/2017


segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Moradores do Sítio Cajá dos Martins reclamam de Som Alto perturbando o Sossego de Todos na Comunidade.

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
08:29

Da Redação:
(Foto:ILUSTRAÇÃO)
Os moradores do Sítio Cajá dos Martins na zona rural de Vertente do Lério, pedem socorro ás autoridades competentes, pois eles não toleram mais o barulho infernal que estão sendo obrigados a suportar todos os fins de semana na comunidade.

De acordo com alguns moradores, que prefere não se identificar. Todo fim de semana, aparecem alguns “camaradas” em um carro pequeno equipado com “SOM” automotivo, e ligam o mesmo sempre por volta da 20h e ficam perturbando o Sossego Alheio, com o som em alto volume e chegam a ficar ligados muitas vezes até 01h30 e 02h da madrugada.

Para os abusadores, é como se a comunidade e o município fosse terra de ninguém e sem Lei. Não se respeita crianças recém nascidas, idosos, enfim não respeitam nenhuma pessoa da localidade.

Em pesquisa realizada pelo nosso blog, encontramos as informações a seguir:

Em nível normativo da Associação Brasileira de Normas Técnicas, temos as normas ABNT nº 10.151 e 10.152, que definem, respectivamente, a avaliação de ruídos em áreas habitadas e os níveis de ruído para o conforto acústico. Essas normas servem de referência técnica para a definição de valores a serem postos em Leis e Decretos.

Com base em estudos científicos, a Organização Mundial de Saúde classifica como de potencial dano auditivo ruídos acima de 85dB, mas a mesma OMS afirma que ruídos constantes acima de 55dB já causam algum tipo de impacto no organismo humano, que vão desde a perda de concentração, passando pelo aumento da pressão arterial, insônia, estresse, problemas cardíacos, podendo até a ocasionar prejuízos à saúde mental.

Já a perturbação do sossego alheio pode ser considerada como “o que sobra”. Ou seja, qualquer som ou ruído que não seja freqüente e que não possa causar danos à saúde humana deve ser considerado, em primeira análise, como perturbação. É como se, para fins de enquadramento na legislação de determinada conduta, a perturbação do sossego fosse a regra e a poluição sonora a exceção. Mesmo porque essa última, para ser plenamente caracterizada com vistas a instruir uma ação penal por crime ambiental, deve ser precedida de laudo técnico, que comprove os danos ou a possibilidade de causar danos à saúde humana.

Em nível legislativo, a poluição sonora é enquadrada no Direito Ambiental como "poluição de qualquer natureza", prevista no art. 54 da Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal nº 9.605/1998), que prevê:

Art. 54. Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora: Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa.

Já a perturbação do sossego está definida no art. 42 da Lei de Contravenções Penais (Decreto Lei nº 3.688/1941), que determina:

Art. 42. Perturbar alguém o trabalho ou o sossego alheio:
I – com gritaria ou algazarra;
II – exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;
III – abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;
IV – provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem a guarda:
Pena – prisão simples, de quinze dias a três meses, ou multa.

CONCLUSÃO:

Em síntese: barulho de liquidificador de madrugada, garotada com som de carro ligado enquanto se divertem na festa de aniversário do vizinho... Tudo isso deve ser visto e juridicamente analisado a princípio como perturbação do sossego alheio. Por outro lado, casos mais drásticos e de emissão freqüente de ruídos, como um bar que funciona todos os dias com música em alto volume, o barulho diário de carrinhos de supermercado ao lado de residências, uma serralharia situada em zona residencial ou até mesmo o barulho constante e diário de uma obra que dura anos, podem sim ser considerado crime ambiental por poluição sonora.

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 11/12/2017


Estampador é assassinado em Zona Rural de Vertente do Lério

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
03:07

Da Redação/ PMPE.
(Reprodução/Facebook)

O estampador Carlos Maycon Barbosa da Silva, de 19 anos, foi morto a tiros na noite do sábado (9), na localidade de Chã do Pavão, zona rural de Vertente do Lério. O crime aconteceu no Bar da Rabada por volta das 21h30.

Testemunhas contaram à Polícia Militar, que dois homens usando capacete chegaram numa motocicleta, anunciaram um assalto e ordenaram que todos que estavam no bar deitassem no chão. Em seguida, os bandidos efetuaram sete disparos de arma de fogo na vitima, que morreu no local.

Os criminosos fugiram após praticarem o homicídio sem levar nenhum objeto das pessoas que estavam no bar. Até agora não há informações sobre a autoria e a motivação do crime. O corpo do estampador foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru.


Por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro – 11/12/2017

Visualizações

Seguidores

FAÇA SUA DENUNCIA

FAÇA SUA DENUNCIA
Promotoria de Justiça – 3624-1956 Conselho Tutelar Surubim -3634-4656 S D S de Surubim – 3634-2710 Delegacia de Surubim – 3624-1974 Delegacia da Mulher – 3624-1983
back to top