sábado, 16 de janeiro de 2016

Pouco mais de 70 pessoas ficam desempregadas com o fechamento da indústria Megaó

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
05:26

Uma noticia triste e inesperada, pegou a todos de surpresa em Vertente do Lério, foi o fato de uma das mais antigas fabricas de cal e calcário do município, anunciar o fim de suas atividades comerciais no último dia (11).

A indústria conhecida por Megaó, antes de mudar de dono, resistiu ao tempo gerando emprego na cidade do ouro branco, porém após ser vendida e passar a ser administrada por uma multinacional surpreendentemente, a mesma fechou suas portas.

Está empresa, já passou pelos nomes fantasia UNIMIM E SIBELCO. Com este último nome a indústria foi a ruína. Em informações coletadas por nossa reportagem, a justificativa dada pelos diretores para o fechamento, foi à crise que o país atravessa; mais outras informações nos chegam; dando por conta que foi a má administração da própria empresa, que os levou a encerrar suas atividades neste município.



Com o fechamento desta empresa, um pouco mais de 70 pessoas perderam seus empregos, com isto fazendo com que várias famílias passem por um momento de dificuldades. Ainda apuramos que apenas três pessoas permanecem trabalhando no local, porque foram contratadas por outra empresa associada, seriam elas, uma senhora moradora do município, um vigia e uma pessoa conhecida por Gustavo.


Por Sérgio Ramos/Repórter e Blogueiro – 16/01/2016


Sobre o autor do Blog

Sérgio Ramos é Casado, pai, Radialista e Diácono evangélico, Militante do meio Radiofônico.Iniciou a profissão na Rádio cultura do nordeste S/A Caruaru - PE

Visualizações

Seguidores

FAÇA SUA DENUNCIA

FAÇA SUA DENUNCIA
Promotoria de Justiça – 3624-1956 Conselho Tutelar Surubim -3634-4656 S D S de Surubim – 3634-2710 Delegacia de Surubim – 3624-1974 Delegacia da Mulher – 3624-1983
back to top