sábado, 28 de setembro de 2013

Pernambuco decide prioridades para a política pública de cultura

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
12:11

III Conferência Estadual reuniu artistas, gestores e militantes da cultura, que apontaram caminhos para o fortalecimento dos diversos setores artístico-culturais
Plenária da III Conferência
Estadual de Cultura
Com 493 delegados de todas as regiões e segmentos artístico-culturais de Pernambuco, terminou na noite de ontem (27), a III Conferência Estadual de Cultura.
O processo de construção coletiva de políticas públicas foi marcado por um amplo debate de experiências que resultou na aprovação de um conjunto de propostas para quatro eixos estratégicos: Implementação do Sistema Nacional de Cultura; Produção simbólica e diversidade cultural; Cultura e cidadania; e Cultura e desenvolvimento.
Quarenta e nove pernambucanos, entre artistas, militantes da cultura e gestores públicos, foram eleitos para a etapa nacional da Conferência, que vai acontecer no mês de novembro, em Brasília.

Confira abaixo algumas propostas prioritárias, em nível estadual, que foram aprovadas em cada eixo estratégico e AQUI a lista completa, inclusive com as propostas nacionais.

Em breve, todo o caderno de propostas aprovadas também estará disponível. 
Implementação do Sistema Nacional de Cultura

A adesão imediata de Pernambuco ao Sistema Nacional de Cultura, garantindo a democratização do Conselho Estadual de Cultura, com a representação dos segmentos culturais e das 12 RDs, assegurando a paridade (Estado e Sociedade) e a eleição dos representantes da sociedade civil pelos respectivos segmentos foi a proposta mais votada deste eixo. 

Reformulação da lei do Funcultura; destinação de, no mínimo, 1,5% do orçamento estadual para a Cultura; e a instituição do Programa de Formação para qualificar os gestores públicos, produtores culturais, artistas e conselheiros de cultura nas 12 regiões também despontam como prioridades para a política pública no Estado.
Produção simbólica e diversidade cultural
A III Conferência Estadual de Cultura também definiu com política prioritária a proteção das manifestações culturais, dos conhecimentos e costumes dos povos e comunidades tradicionais de Pernambuco. Através de tombamentos, inventários e outras formas de salvaguarda, a ideia é fortalecer medidas de preservação do vasto patrimônio cultural pernambucano.
Resgate e manutenção das bandas filarmônicas; a realização de um programa continuado de intercâmbio; o percentual de 50% para as manifestações tradicionais nas programações dos ciclos culturais e ainda; a implantação de uma ampla política de comunicação para a cultura, incluindo ações de formação, foram outras prioridades elencadas pelos delegados. 
Cultura e cidadania
No eixo de cultura e cidadania, a proposta de implentação de políticas que estimulem a criação de secretarias municipais de cultura foi aprovada como prioridade. Além da criação de circuitos culturais nas cidades históricas e territórios culturais em todas as regiões do estado. 


A implantação de gerências regionais da Secult-PE/Fundarpe; a realização de concurso público; e a implantação de um programa de acessibilidade nos equipamentos culturais também são ações que devem ser priorizadas pelo poder público no Estado. 
Cultura e Desenvolvimento
As discussões neste eixo resultaram na definição de diversas propostas que objetivam garantir o desenvolvimento de todos os setores artístico-culturais em todas as regiões, não apenas na Metropolitana. 
Para isso, algumas ações como a construção de planos estratégicos dos festivais promovidos pelo estado com foco no desenvolvimento sustentável, que contemple artistas e empreendedores criativos locais; e a criação de um edital específico para festivais já consolidados foram definidas como prioritárias. 
Entre as propostas aprovadas na plenária final e que devem ser consideraras prioridades da política de desenvolvimento cultural no estado, também figuram a implementação do eixo de cultura no Programa "Todos com a Nota" para todas as linguagens artístico-culturais; e a criação do prêmio Novos Talentos Criativos de Pernambuco, que reconheça também as iniciativas em cultura digital.
Confira AQUI a lista completa de propostas estaduais e nacionais aprovadas como prioridades pela plenária da III Conferência Estadual de Cultura. Saiba mais sobre a Conferência AQUI

Foto: Costa Neto
Fonte: Fundarpe
Postado por Sérgio Ramos/Repórter e Blogueiro – 28/09/2013

Sobre o autor do Blog

Sérgio Ramos é Casado, pai, Radialista e Diácono evangélico, Militante do meio Radiofônico.Iniciou a profissão na Rádio cultura do nordeste S/A Caruaru - PE

Visualizações

Seguidores

FAÇA SUA DENUNCIA

FAÇA SUA DENUNCIA
Promotoria de Justiça – 3624-1956 Conselho Tutelar Surubim -3634-4656 S D S de Surubim – 3634-2710 Delegacia de Surubim – 3624-1974 Delegacia da Mulher – 3624-1983
back to top