sábado, 21 de abril de 2012

Vertente do Lério, Debate violência na Escola

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
05:14


Em parceria com o conselho tutelar, realizamos na quarta 18, de Abril, palestras nas escolas São José no distrito do tambor e na escola Justa Barbosa na sede do Municipio.
Tendo como foco principal, alertar e prevenir  pais, alunos e professores, a respeito da violência na escola, evitando assim, que a comunidade escolar, venha  cometer erros como o  Bullying.
Bulling é uma discriminação, feita por alguns cidadãos contra uma única pessoa. Mas não é uma coisa simples, que se pode vencer de um dia para o outro. Bulling é um mal que se carrega durante um período da vida muitíssimo grande. Quando alguém diz que seu cabelo está estranho, você provavelmente vai correndo para o espelho mais próximo para se arrumar. Agora imagine duas, três, dez pessoas, todo o dia, falando mal do seu cabelo, de coisas que você não tem culpa por ter ou muitas vezes por não ter. Sim, isso seria completamente insuportável, quer dizer, sua alto estima fica lá embaixo, e os malvados causadores do bulling seriam os heróis. O que você faria? Se mataria? Sim, existem crianças que se suicidam, mas não com a idéia de que a vida delas é uma droga, e, sim, de que eu vou morrer porque sou feia e tudo que eles dizem é verdade.

Apelidos como "rolha de poço", "baleia", "quatro olhos", vara pau entre outros  e atitudes como chutes, empurrões e puxões de cabelo.  Alunos "esforçados" que geralmente sofrem  represalias por parte de seus colegas em geral não por caracteriticas fisicas mas também intelectuais  são comportamentos típicos de alunos em sala de aula. Brincadeiras próprias da idade? Não. São atos agressivos, intencionais e repetitivos, que ocorrem sem motivação evidente e que caracterizam o chamado fenômeno bullying. 

Uma equipe da gerência de policia da criança e do adolescente (GPCA) da capital pernambucana, representada pelos policias Edivaldo Rosa e Claudenir Spinelli,  supervisionados pelo Delegado Dr. Zanelli Alencar que é Gestor da GPCA em Pernambuco,  estiveram no município de Vertente do Lério/PE, para ministrar as palestras, além da violência na escola, também foi abordado o abuso sexual de crianças e adolescentes.
O juiz Joaquim Francisco Barbosa, da vara de infância e juventude da comarca se fez presente na ocasião.

Lamentamos o fato, de apenas um "Nado de Tina"dos noves vereadores convidados,   comparecer ao evento, mostrando o tamanho da falta de compromisso que eles tem com os bem está da população local.

Está, foi a segunda vez que o município recebeu a visita desta equipe, a qual com sua maneira simples e objetiva em passar a mensagem, contribui muito para  despertar o conhecimento das pessoas e ajudando a todos a saber lidar com as mais variadas situações, que por ventura aconteça.






Por Sérgio Ramos/Repórter

Sobre o autor do Blog

Sérgio Ramos é Casado, pai, Radialista e Diácono evangélico, Militante do meio Radiofônico.Iniciou a profissão na Rádio cultura do nordeste S/A Caruaru - PE

Visualizações

Seguidores

FAÇA SUA DENUNCIA

FAÇA SUA DENUNCIA
Promotoria de Justiça – 3624-1956 Conselho Tutelar Surubim -3634-4656 S D S de Surubim – 3634-2710 Delegacia de Surubim – 3624-1974 Delegacia da Mulher – 3624-1983
back to top