sábado, 11 de novembro de 2017

Perseguição é a Marca da Nova Gestão em Vertente do Lério

Postado por: Dc Sergio Ramos  
Marcador:
04:15

(Foto: Editada pelo Blog/ Adriana Campos e Edivane Saraiva)
Não obstante, a justiça ter mandado que a municipalidade trouxesse de volta a Escola José Batista de Souza, as professores Maria Lenilda Oliveira da Silva; Maria Elenilda da Silva e Josefa Barbosa de Sales (Netinha), que haviam sido transferidas de maneira ilegal e arbitrária por perseguição política da secretaria de educação e a gestão do prefeito Renato Sales em Vertente do Lério. Estas educadoras retornaram ao seu lugar de origem na próxima segunda-feira (13).

Acontece que, a atual gestão começa a mostrar que a “MUNDANÇA” tão propalada nos comícios durante campanha política de 2016, está só começando, com uma administração que CUIDA DA NOSSA GENTE’.

Na manhã desta sexta-feira (10), a gestão desafia a justiça, e transfere as professoras Adriana Campos e Edivane Saraiva (TATA), da Escola José Batista, para que a partir de segunda-feira (13), esteja lecionando em outra escola localizada na área rural do município, mostrando um total desrespeito para com o judiciário, e assim reincide no mesmo crime.

Embora queiram falar diferente, isto é um prova inequívoca de perseguição, visto que os professores transferidos pela municipalidade, atuaram em cargos de confiança na gestão anterior.

O comunicado da transferência de uma das professoras, fora anunciado dentro da sala de aula, vindo a causar uma tristeza às pequenas crianças, que viram ao fim do ano letivo, a notícia, que na segunda-feira não terão mais sua professora dando aula aos mesmos. Com a transferência da professoras Adriana Campos e Edivane Saraiva, o emocional dos garotos (a), foi afetado e houve um desespero grande por parte dos pequenos.

Como se não bastasse à falta de merenda para o alunado, que pela informação que recebemos, ainda não chegou à escola, também tem o fato; de os professores estarem vivendo uma espécie de trabalho escravo, visto que nem sala dos professores existe mais no educandário, a onda de perseguição aos mesmos só tem crescido no município.

Deixar crianças com o emocional abalado é só mais uma das maneiras de administrar da gestão “CUIDANDO DA NOSSA GENTE”. Que se instalou no município pra mudar, e como está mudando hem!

Agora pergunto; estas ações realmente são para o crescimento da educação municipal?

A festa de novembro não acontecerá, mas o show de perseguição é um sucesso:

Lembre-se nesta vida tudo passa muito rápido, e ninguém é dono da razão absoluta. Muito menos da prefeitura e do dinheiro público.

Escrito por Sérgio Ramos/Radialista e Blogueiro- 11/11/2017
Envie suas noticias e denúncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-


Sobre o autor do Blog

Sérgio Ramos é Casado, pai, Radialista e Diácono evangélico, Militante do meio Radiofônico.Iniciou a profissão na Rádio cultura do nordeste S/A Caruaru - PE

Visualizações

Seguidores

FAÇA SUA DENUNCIA

FAÇA SUA DENUNCIA
Promotoria de Justiça – 3624-1956 Conselho Tutelar Surubim -3634-4656 S D S de Surubim – 3634-2710 Delegacia de Surubim – 3624-1974 Delegacia da Mulher – 3624-1983
back to top